Skip to content

Express who you are. Create!

sobre

Compota (do inglês Jam), termo originário da cultura do Jazz, estreou publicamente em 2004 e reúne artistas e criadores de diferentes disciplinas artísticas, em sessões de pesquisa, criação, formação e espetáculos desenvolvido desde 2004.

O projeto oferece um espaço de liberdade e pesquisa potenciando a criatividade individual e coletiva, o desenvolvimento de competências artísticas e interrelacionais.

As residências de criação surgem em 2012 para oferecer, a diferentes equipas, a oportunidade de trabalhar colaborativamente utilizando uma metodologia assente na improvisação e na composição estruturada. Os resultados são depois apresentados em espetáculos ao vivo.

objetivos

• Contribuir para o desenvolvimento da investigação e criação artística, profissional e pessoal

• Fomentar oportunidades laborais para profissionais e jovens recém-formados

• Facilitar uma experiência alargada para a exposição pública de talentos e a inserção de futuros artistas no mercado profissional

• Cruzamento contínuo de diferentes disciplinas artísticas

• Trabalho colaborativo

• Estimulação multissensorial para todos os participantes (artistas e públicos)

o conceito em sete formatos disponíveis

• Espetáculos

• Artistas em Residência

• Compota vai à Escola

• Compota no mundo corporativo

• CompotaFlash

• Compota em Digressão

• Compota Comunidade

artistas em

residência

Reunir criadores e intérpretes experientes com estudantes e voluntários

As edições das Residências Compota incluem pesquisa, criação, formação e espetáculos. Começaram em Setembro de 2012 abrindo o projeto a jovens artistas emergentes e alunos de artes. A proposta da Residência e último desafio é criar um espetáculo original em apenas 5 dias, com base no trabalho de colaboração entre toda a equipa, sob a orientação criativa de Paula Pinto (Ballet Gulbenkian 1982-2002).

É reunida uma equipa de artistas qualificados para trabalhar criativamente e partilhar o seu know-how profissional com os mais jovens, oferecendo-lhes uma experiência intensa e a oportunidade para uma melhor integração no mercado de trabalho.

As artes envolvidas são a dança, a música, o teatro, o desenho de luz e de som, o vídeo, a pintura e a fotografia, a culinária, o canto, a poesia, os figurinos, entre outras.

Cada residência é composta de 7 dias de trabalho intensivo: 3 dias para Laboratório e ensaios + 1 dia para montagem + 3 dias com quatro apresentações abertas ao público em geral.

compota vai à

escola

Oficinas criativas para o desenvolvimento das competências comunicativas e sociais
Reúnem criadores / interpretes / formadores experientes com alunos e docentes

A “Compota vai à Escola” procura contribuir para o desenvolvimento das competências comunicativas e sociais dos alunos, estimular a responsabilidade em autonomia e/ou quando atuando em grupos. Proporciona aos jovens a interação com profissionais da arte e propõe a aquisição de conhecimentos e competências artísticas.

Esta oficina criativa oferece a crianças e jovens o contato direto com a expressão artística para o progresso das suas competências individuais e relacionais, ativamente beneficiando a sua autonomia e desenvolvimento pessoal, criativo, social e comunicacional.

Artistas, alunos e professores participam ativamente em todo o processo de criação, formação e montagem, culminando na exibição/interpretação coletiva do trabalho desenvolvido para a restante comunidade escolar e famílias.

A Oficina criativa “Compota Vai à Escola” é desenvolvida por uma equipa apropriada a cada realidade educativa e adaptável conforme:

• O número de participantes e faixas etárias;
• A duração e objetivos a atingir;
• As disciplinas artísticas e técnicas consideradas como mais relevantes pelas entidades contratantes;
• As condições existentes em cada escola/comunidade/espaço;

compota no mundo

corporativo

Ações de formação informal que reúnem criadores/intérpretes/formadores com diferentes grupos de participantes do meio empresarial

Com a ligação da realidade organizacional à realidade artística, os participantes são conduzidos através de um processo de trabalho colaborativo que possibilita o contato direto com a expressão artística, ativamente beneficiando o seu desenvolvimento pessoal e profissional.

O conjunto de atividades visa abordar aspetos impactantes do mundo das artes na realidade organizacional, entre eles:

• Exposição ao público
• Estimular a criatividade pessoal em autonomia
• Gestão de emoções
• Construir relações em reciprocidade e partilha, promovendo o trabalho em equipa
• Competências de improvisação
• Gestão do não-verbal (movimento, voz, postura)

compota

flash

Expressão artística em locais públicos

Inspirada no conceito FlashMob, a Compota Flash é uma performance multidisciplinar curta e interativa organizada para aumentar a consciencialização sobre diferentes assuntos.

compota em

digressão

Para a troca de experiências e a descoberta de novas realidades

Sob a forma de espetáculos, residências artísticas e/ou oficinas criativas, a Compota habita cada localidade procurando colaborar com outras entidades na angariação de participantes (artistas e não artistas, alunos, voluntários e técnicos) da região para uma partilha artística e fruição cultural.

compota

comunidade

PARA VALORIZAR SABERES, DESENVOLVER E APERFEIÇOAR COMPETÊNCIAS HUMANAS ATRAVÉS DA EXPRESSÃO ARTÍSTICA

A prática da expressão artística, desenvolvida regularmente, contribui para a melhoria da qualidade de vida dos indivíduos, amplia as relações sociais, promove a aquisição de conhecimentos e um maior progresso social e humano. Compota Comunidade reúne criadores/intérpretes experientes e estudantes com adultos, seniores e voluntários sem experiencia artística.

Os processos participativos e colaborativos de inclusão social Compota estruturam-se em torno de conceitos como Ser, Identidade e Memória, procurando fomentar relações integradoras entre os diferentes indivíduos para descobrir e aprofundar conhecimentos sobre quem somos hoje, quem podemos ser no futuro e de que forma podemos revitalizar a nossa história individual e colectiva.

As atividades englobam Oficinas de aprendizagem artística não formal, Laboratórios e Apresentações finais. Em cada processo criativo são utilizadas metodologias ativas e participativas que incorporam conhecimentos, vivências e experiência de vida dos participantes, as suas competências e as práticas culturais da sua comunidade.

espetáculos disponíveis

Criatividade, Colaboração e Interação

Reunir criadores e interpretes de diversas áreas artísticas e técnicas em sessões de composição ao vivo: dança, música, vídeo, fotografia, teatro, artes plásticas, live cooking, canto, literatura, cenografia e adereços, figurinos e styling, design de luz e som, circo contemporâneo e outras surpresas.

Com base na improvisação, os espetáculos Compota são a fusão de várias formas de arte, onde cada participante conserva o espaço para a criação coletiva e multidisciplinar em tempo real, composição ao vivo.

Diferentes constelações artísticas são combinadas de acordo com os diferentes espaços e cada apresentação é seguida de uma troca informal de ideias entre artistas e público.

O conceito Compota é aberto podendo ser adaptado:

• Na escolha das artes envolvidas (Menu à la carte: receita base + ingredientes adicionais);

• No número de intérpretes;

• Ao espaço (site specific): interior e/ou exterior;

• Na duração: o espetáculo Compota tem habitualmente 1h de duração podendo ser menor ou maior conforme a programação desejada;

• Aos objetivos e o público-alvo;

• O desenho de luz, de som e de vídeo são concluídos após definição do local e horário de apresentação, de acordo com cada espaço/ambiente, temática escolhida, materiais a utilizar e/ou o rider técnico disponível.

compota

comvida

Espetáculo improvisado com dança, música e vídeo em tempo real

Sessões informais onde música, dança e imagem se fundem em tempo real. Cada performance é única e irrepetível repleta de relações de troca, simplicidade e humanismo.

Envolve convidados profissionais com vasta experiência em improvisação e participantes locais, artistas e não artistas, uma oportunidade para criar novas interações entre artistas e público apreciador de encontros espontâneos.

compota

Delicatesse

improvisação multidisciplinar e live cooking

Delicatesse propõe um festim em torno de uma mesa posta, onde movimento, som, vídeo e a palavra se interligam em discurso direto sobre o amor e a amizade, reais alimentos da partilha humana. Nesta Performance participativa um Chef prepara sabores para degustação de todos (artistas e não artistas).

compota

1 + 1 = 1

Espetáculo em torno do universo de José de Almada Negreiros

“UM+UM=UM” espectáculo inspirado em José de Almada Negreiros encontra-se em estado de passagem, num movimento perpétuo entre o fim e uma possibilidade de recomeço. Nesta série, quase matemática, os corpos são capazes de se abrir ao mundo através do movimento, da música ou da voz e da imagem. São corpos singulares que buscam a unidade, em constante processo de superação.

“UM+UM=UM” é um poema geométrico, uma metáfora de velocidade, um transbordamento de cor. É um intervalo entre o ser humano e a sua própria transcendência.

compota

1 ponto 3

Espetáculo inspirado em Fernando pessoa

“UMPONTOTRÊS” espetáculo que mistura dança com música, vídeo e palavra em torno do universo Pessoano e da fragmentação do “Eu”.

Inspirado nos quatro principais nomes de referência dentro do universo pessoano: Fernando Pessoa, Álvaro de Campos, Ricardo Reis e Alberto Caeiro, “UMPONTOTRÊS” propõe uma reflexão conjunta sobre a identidade individual que se completa na diversidade e nos espaços e tempos da relação com o próprio e com o Outro.
Cada identidade em Pessoa representa uma unidade isolada em si mesma e simultaneamente, integra um todo mais amplo, também ele uno.

Open Calls

residências & espectáculos

para integrar as performances participativas preencher aqui